Continuidade domina lista de candidatos a cabeça-de-lista da Frelimo em Maputo

0

A Frelimo anunciou, esta terça-feira, a lista de candidatos a cabeça-de-listas pelas quatro autarquias da província de Maputo. A lista é dominada pela continuidade de actuais Presidentes dos Conselhos Municipais em três municípios, com excepção de Namaacha, onde Jorge Tinga está fora da corrida.

De acordo com a lista que tivemos acesso, para o município da Matola, o mais industrializado do país, avançam Calisto Cossa (actual edil), que vai concorrer com Vasco Betuel Mutisse e Lucas Arone Chiponde, pela eleição ao cabeça-de-lista nas autarquias de 10 de Outubro.

Para a autarquia da Vila da Manhiça, avançam Luís Munguambe (actual edil), Dinis Ernesto Muianga e Sérgio José Muchine.

Mais a sul, na autarquia da Vila da Namaacha, foram apurados Manuel Elias Munguambe, Maurício Adolfo Baciao e Sandra das Dores Mahobo, tendo ficado de fora o actual edil, Jorge Tinga.

Para a autarquia da Vila de Boane, o actual edil, Jacinto Loureiro avança para a eleição final pelos membros do partido, devendo concorrer para ser o rosto principal nas autárquicas de Outubro próximo, com Alberto Castigo Refo e Acácio Carlos Saimone.

De acordo com Eduardo Mulémbwè, chefe da brigada central da Frelimo para assistência a província de Maputo, a escolha dos 12 candidatos reflecte aquilo que são os anseios das bases do partido ao nível dos respectivos municípios e será desta lista que sairá o Cabeça de Lista para cada uma das quatro autarquias da província de Maputo.

“A responsabilidade cabe a direcção do partido na província. A nível central nós fazemos a avaliação…para nós as pessoas obedecem aos requisitos e seja quem for o escolhido, esta é a vontade dos militantes na base, porque é quem vai suportar na campanha e na eleição e não a direcção do partido a nível central” disse Mulémbwè, falando no final da apresentação dos candidatos.

A província de Maputo é a primeira ao nível das 55 autarquias, em que a Frelimo anuncia os candidatos a cabeças-de-lista.

Depois do anúncio feito hoje, o processo segue agora para o nível local, onde os membros do partido em cada circunscrição, vão a votos, numa data ainda não revelada, para fazer a escolha final daquele que vai avançar como cabeças-de-lista.

Refira-se que ao nível da província de Maputo, os dois maiores partidos da oposição já fizeram as escolhas dos seus cabeças-de-listas.

Para a maior autarquia da província, a Renamo escolheu o deputado António Muchanga, enquanto para o MDM a escolhe recai sobre o também deputado, Silvério Ronguane.

Nesta altura, as grandes expectativas ao nível da zona sul estão para o município de Maputo, onde apenas a Renamo já anunciou o seu cabeças-de-lista, que é o antigo deputado Venâncio Mondlane.

OPAIS