Naufrágio mata seis crianças em Vilankulo província de Inhambane

0

Seis crianças com idades compreendidas entre seis meses a dois anos morreram em consequência de um naufrágio provocado pelo mau tempo, na última sexta-feira (09), no distrito de Vilankulo, província de Inhambane.

As vítimas estavam na companhias das respectivas mães, a bordo de uma embarcação de pesca que transportava um total de 23 pessoas, incluindo a tripulação.

O barco partiu da ilha de Magaruque, no arquipélago de Bazaruto, para a vila municipal de Vilankulo.

Cinco menores foram resgatadas sem vida no mesmo dia, enquanto o corpo da outra criança, que era dada como desaparecida, foi localizado no domingo (11).




Dos sobreviventes consta uma criança de apenas sete meses de vida, a qual foi de imediato socorrida para o Hospital Rural de Vilankulo.

Até ao fecho desta edição, a vítima continuava em observação médica, porque, para além de problemas resultantes do naufrágio, ela foi diagnosticada malária, disse à imprensa o governador de Inhambane, Daniel Chapo, durante uma visita aos sobreviventes naquela unidade sanitária.

“Queremos, mais uma vez, aproveitar esta ocasião para apelar aos tripulantes e à população, em geral”, no sentido de “em casos de mau tempo (…), como foi o caso do naufrágio [que resultou em óbitos], não atravessem o mar”, disse o governante.

Jornal @verdade

você pode gostar também Mais do autor