Pai condenado por obrigar namorada a violar filho de 11 anos

0

Um homem norte-americano convenceu a sua namorada a violar o filho autista de 11 anos de idade, fruto de outra relação, porque estava preocupado que o menino fosse homossexual.

O crime aconteceu em 2016 quando Sean Cole, de 29 anos, recebeu o filho em sua casa, numas férias escolares. O homem terá desconfiado que o filho era gay e pediu à namorada, Khadeijah Moore, que tivesse relações com ele.

O menino foi violado, sodomizado e obrigado a fazer sexo oral à mulher, de acordo com a estação norte-americana FOX13. Acabou, depois, por contar o que lhe acontecera à mãe, que apresentou queixa.

Cole e Moore foram esta terça-feira condenados por um tribunal do condado de Madison, no estado do Alabama, pelos crimes de violação, sodomização e abusos sexuais. A leitura da sentença será feita a 24 de maio e, de acordo com a imprensa norte-americana, os dois podem ser condenados a pena perpétua.

Moore é, nesta altura, considerada uma fugitiva porque não compareceu ao julgamento e foi emitido um mandado de captura em seu nome.

Noticias ao minuto

você pode gostar também Mais do autor