Seis Sequestradores de uma cidadã estrangeira detidos na província de Maputo

0

Seis indivíduos caíram nas mãos da Polícia da República de Moçambique (PRM) e do Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC) por terem sequestrado uma cidadã de nacionalidade chinesa, no distrito de Boane, província de Maputo, e mantido a ela em cativeiro durante pelo menos cinco dias.

A vítima é gestora de uma fábrica de produção de blocos no município de Boane. Para a sua libertação, ela ou os seus familiares pagaram resgate num montante não revelado.

Leonardo Simbine, chefe do Departamento de Relações Públicas no Serviço Nacional de Investigação Criminal (SERNIC), disse à imprensa que o rapto aconteceu no dia 09 de Fevereiro último.




Na perseguição à quadrilha, que de acordo com a fonte actuava desde 2015, foram recuperadas cinco viaturas que se presume que eram usadas para o transporte das vítimas, duas armas de fogo, uma das quais do tipo AK-47 e pistola.

Recorde-se que a onda de sequestros em Moçambique começou em 2011 e assolou sobremaneira as cidades da Matola, da Beira e de Nampula. A ousadia da gangue que protagoniza este crime é de tal sorte que desafia as autoridades policiais, na medida em que faz vítimas em plena luz do dia e até nas proximidades de algumas esquadras.

Jornal @verdade

você pode gostar também Mais do autor