Seis sinais de que está a fazer sexo em excesso

0

Há muito que se sabe que ter relações sexuais pode ser bastante benéfico tanto para o bem-estar físico como mental, e até impactar positivamente na saúde dos indivíduos em geral.

Contudo, há um limite. Ouça o seu corpo.

  • Sentir-se dorido;
  • Ardor nos genitais;
  • Sente dores durante o ato sexual;
  • Não está a conseguir atingir o orgasmo: a falta de prazer pode estar associada a algum tipo de bloqueio mental, faça uma pausa e tente perceber como se passa;
  • Vive a relação íntima em modo automático;
  • Tem dificuldades em excitar-se.

Contudo, é difícil definir exatamente o que é ‘sexo em excesso’. Há pessoas que ficam satisfeitas fazendo sexo uma vez por semana, enquanto outras querem fazer três vezes por dia.

Por outro lado, ao mesmo tempo que há um certo limite físico para o sexo, existe também um limite comportamental. Se a necessidade de fazer sexo começar a interferir no quotidiano da pessoa, ao ponto dela deixar de lado outras atividades que lhe são importantes, com trabalho, estudos, vida social ou lazer, pode tratar-se de algum tipo de compulsão.

Nesses casos, o mais indicado é procurar um sexólogo ou um psicoterapeuta para identificar a origem do distúrbio. Alguns medicamentos também podem inibir a compulsão sexual e auxiliar o indivíduo a restabelecer a sua rotina normal.

(Noticias ao minuto)

você pode gostar também Mais do autor