Três homens tentam cortar as pernas a triatleta sul-africano

0

Mhlengi Gwala, um triatleta sul-africano, foi alvo de um ataque violento na passada terça-feira, quando foi abordado por três homens que lhe tentaram cortar as pernas, segundo relata a BBC.

O atleta estava a treinar na rua às primeiras horas da manhã e, segundo um amigo, quando foi abordado, pensou tratar-se de um assalto. “Parou e deu-lhes o telemóvel, mas eles não o quiseram. Não queriam o relógio dele nem a sua bicicleta.



Arrastaram-no para a berma da estrada, no meio de uns arbustos, e começaram a cortar-lhe uma perna com uma serra”, relatou o amigo à BBC, avançando com mais pormenores: “Quando chegaram ao osso a serra ficou presa, porque não estava afiada.

Passaram então para a outra perna”. Os três homens acabaram por fugir do local e a polícia abriu uma investigação por tentativa de homicídio.




Entretanto, o triatleta e medalhado olímpico Henri Schoeman reagiu ao incidente no Twitter, apelidando-o de “nojento” e questionando o nível de segurança nas estradas do país.

Solidariedade imediata Mhlengi Gwala não corre perigo de vida e os médicos disseram que vai conseguir correr novamente, embora a recuperação deva ser longa. Assim que a história de Mhlengi Gwala veio a público, foi lançada uma campanha de crowdfunding que já reuniu mais de 27 mil euros destinados a pagar os tratamentos ao triatleta.

CM

você pode gostar também Mais do autor